Técnica para você relaxar fazendo arte

Se você está com dificuldade de relaxar e ter um tempinho só seu, vai adorar esse post. 😉

Assim como você, eu estava muito agitada sem saber para onde ir com tanta prioridade no meu dia. Affff! (mãe, mulher, profissional, cuidar de casa, da família, da cachorrinha e por aí vai…). Não é fácil, não! 😱

Foi aí que decidi parar uns minutinhos. Precisava dar um refresh, respirar fundo para voltar à rotina prazerosa, porém, às vezes, enlouquecedora.

Fui para meu cantinho criativo. Ele é mágico! Porque quando estou nele, me sinto melhor. Haja o que houver .😊

Comecei a mexer nos meus materiais de arte para fazer algo que me relaxasse e não me permitisse a me agarrar a nenhuma preocupação. Minutinhos preciosos e só meus!

A Arte Criativa tem esse poder. Ela nos ajuda observar a mente. Somente nós em contato com o papel e o material artístico. Uma verdadeira massagem criativa ao nosso eu.

Gostei tanto da experiência que gravei um passo a passo para você fazer aí na sua casa. Basta apertar o play no vídeo aqui embaixo.

Se você preferir, confira tudo explicadinho a seguir e relaxe!

  1. Você vai precisar de uma folha de papel A4 ou do tamanho da sua preferência, giz pastel oleoso (cores variadas), giz pastel seco (cores variadas);
  2. Arrume seu cantinho criativo, prepare um local (em cima de uma mesa ou bancada) para você fazer a sua arte, se desejar, cubra com uma folha de papel maior para não sujar a superfície de apoio;
  3. Escolha uma música relaxante, que você goste (sempre faço minhas experiências criativas com música);
  4. Respire, três vezes, profundamente. Inspirando e expirando, conectando-se com esse momento presente;
  5. Escolha uma cor de giz pastel seco e rabisque o papel;
  6. Feito isso, esfumace com o próprio dedou ou algodão;
  7. Você pode misturar cores e criar tons diversos. Sempre rabiscando e esfumaçando;
  8. Depois, pegue o giz pastel oleoso na cor branca e rabisque o papel, sem pensar muito no que está fazendo;
  9. Agora vá contornando e colorindo as formas do rabisco que mais gostou;
  10. Não tenha pressa, nem fique ansioso em buscar formas perfeitas. Apenas, vá contornando o que mais gostou. Você pode ou não encontrar figuras em seu rabisco, não existe uma obrigação quanto a isso;
  11. Use mais de uma cor e veja os efeitos produzidos;
  12. Você pode explorar todo o desenho e não somente uma única área;
  13. Observe todo o seu desenho e dê os retoques finais;
  14. Contemple a sua produção. Sinta a tranquilidade conquistada e permaneça um minuto percebendo essa sensação.

Ficou mais relax? Quero muito saber se você experimentou essa minha técnica. Conta pra mim nos comentários e compartilha esse passo a passo com seus amigos para espalharmos mais tranquilidade no mundo!

Cansada de decidir tudo na vida? Vamos fazer manchas de tinta!


técnica manchas e colagem

 

Como já falei em outros posts, adoro fazer manchas. Quando faço essa técnica, libero minhas tensões, me torno mais leve e criativa. Gosto da sensação de não saber qual resultado terei em uma pintura. Experimentar esse momento de não decidir. É fantástico! \o/

Muitas vezes passo o dia todo decidindo coisas pra mim e pra todo mundo aqui em casa!! Fico doidinha!! 😀 Não é fácil assumir múltiplos papéis (mãe, mulher, profissional, filha… 😯 ) e ter que decidir diferentes assuntos ao mesmo tempo.

Em dias assim, vou para o meu cantinho criativo e não quero decidir nada. Coloco uma playlist zen e começo a fazer manchas no papel. Faço várias, das mais diferentes cores. É um momento mágico! Automaticamente sinto minha mente esvaziar e a sensação de paz toma conta de mim.

Existem diversas técnicas com manchas e podemos fazê-las com variadas tintas, papeis e até em telas. Vou ensinar agora para um passo a passo bem simples para você testar também essa atividade aí na sua casa, no seu cantinho sagrado de arte.  😉

Veja como fazer suas manchas e ficar relax:

  1. Separe o material: nanquim colorido ou anilina dissolvida em água ou álcool, copinhos descartáveis com água, folhas de papel Canson (o papel não pode ser muito fininho, pois pode rasgar), giz de cera, papel higiênico ou toalha, cola e tesoura, jornal ou pedaço de plástico para forrar a mesa;
  2. Chegou a hora de começar a se conectar com o seu momento de arte/relax. Respire profundamente por três vezes. Observe sua respiração, liberando as tensões na expiração e nutrindo-se de boas vibrações na inspiração;
  3. Dilua o nanquim nos copinhos de água (se você usar a anilina, prepare-a com água ou álcool liquido). Repare que a quantidade de gotas de tinta deixará a cor mais ou menos forte. Selecione quantas cores desejar.
  4. Jogue um pouco de tinta no papel (tenha cuidado para não derramar muita tinta). Vá virando a folha fazendo com que a tinta se movimente sobre ela. Pode repetir esse processo com outras cores e, se desejar, troque de folha. Não se esqueça de proteger a sua mesa antes de começar a atividade. O objetivo é desestressar e não ficar na neura caso caia tinta fora da folha. 🙂
  5. Produza quantas manchas desejar. Teste! Faça o processo que te deixe mais tranquilo. Não existe certo e errado e nem procuramos fazer nada específico. Somente deixar tinta fazer suas marcas coloridas no papel.
  6. Depois de ter feito suas manchas, observe sua produção. Se desejar, pode fazer uma composição com elas usando a colagem como recurso. Recorte as formas que mais lhe agradaram e cole em outras folhas manchadas. Você pode também colorir os espaços vazios com giz de cera. Na imagem deste post, recortei e colei e colori o coração que apareceu em uma das minhas manchas. Gostei muito do resultado.

 E o que você achou? Gostou dessa dica? Conta pra mim nos comentários e compartilhe com seus amigos! Assim me motivo mais e mais para escrever para vocês. 😉